Return to site

A dinâmica entre pecado, perdão e reconciliação

Por Victor Vieira

· ABaseOrg,Igreja Na Cidade,Victor Vieira

1. PECADO

Mateus 18:15-22

Razões para lidarmos seriamente com o pecado:

  1. O Pecado compromete nossa liberdade - A forma com que lidamos com o pecado determina nossa liberdade. Não se trata de tolerância ao pecado, mas de responsabilidade. A forma como tratamos o pecado diz como andamos em liberdade. Quanto mais rápido você for pra resolver questões de pecado na sua vida e e na vida de pessoas que estão com você determina a sua liberdade.
  2. O Pecado produz orações sem poder - uma vida conivente com o pecado gera orações sem poder. (texto).
  3. O pecado impede a presença de Deus. A presença de Deus é a nossa presença mais sublime. Queremos ser constrangidos todas as vezes que fecharmos os olhos para encontrar com ele. Mas quando nós negligenciamos uma vida de santidade passamos a ficar insensíveis a presença de Deus. Não adianta nos reunirmos diante de deus e esperarmos por um mover se negligenciamos isso. Começamos a viver uma vida sem a presença  de Deus em nosso meio. (V.20)

A palavra de Deus nos orienta que, se alguém fizer algo contra nós devemos procurar a pessoa a fim de promover reconciliação; Devemos ser sempre intencionais em procurar resolver as situações independentemente de com quem está a razão.

Como ser intencional para resolver as questões de pessoas que vivem deliberadamente em pecado no corpo de Cristo?

1 - Quando alguém peca contra mim e eu procuro a fim de reconciliar. (v.15)
se ele ouvir e entender, está tudo resolvido,
2 - mas se ele permanecer com o coração endurecido eu levo mais uma ou duas pessoas a fim de facilitar a reconciliação. (v.16)
3 - e se mesmo assim a pessoa não ouvir não ouvir, eu levo a situação a conhecimento da igreja, e se também não escutar e aceitar as orientações da igreja, o consideremos ímpio. (v17)

Como agimos?

  • Se você sabe: procura
  • se alguém te inclui: ajuda a procurar
  • se não ajudamos: fofoca

Nosso papel como igreja é sermos facilitadores.

Essas três orientações são importantes para se resolver de forma bíblica um problema de relacionamento entre irmãos.

2. PERDÃO

Mateus 18:23-35

- Teríamos nós como pagara a Deus?
- Quem já foi lesado por alguém? O padrão que nós usamos para lidar com isso deve ser o mesmo de Jesus.
- Se nós não perdoamos, naturalmente não somos perdoados por Ele.
- A ausência do perdão é como estar trancado numa cela. Nós somos prejudicados.
- O perdão é bom pra quem perdoa.

3. RECONCILIAÇÃO

Mateus 5:23-26

- Precisamos ser os promotores de reconciliação. Temos que sempre ter o interesse de resolver as penderias que as pessoas tem com a gente pois isso determina a nossa qualidade de Vida.
- Quando alguém nos procura a fim de compartilhar um problema que ela tem com outra pessoa, ou nós somos os facilitadores para reconciliação ou você é um fofoqueiro.

Copyright © 2017 ABaseOrg. Todos os direitos reservados.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly