Return to site

O doce aroma da mansidão

Serie: As Excelências de Cristo por Eduardo Jr

· Igreja Na Cidade,ABaseOrg,Eduardo Jr

Também me deste o escudo da tua salvação; a tua mão direita me susteve, e a tua mansidão me engrandeceu.

Salmos 18:35

Introdução

Davi já não eram mais um menino pastor, mas agora um rei de sucesso em batalhas militares com
um reino forte. Davi apontou para o segredo de seu sucesso em Salmo 18:35.
 

Não foi um grande empenho de Davi que lhe permitiu estabelecer um reino de sucesso. A
mansidão do Senhor foi o fator determinante na realização de Davi. Davi estava intimamente
consciente da bondade do Senhor para com Ele.

I - Definição de mansidão

Mansidão é poder sob controle. É a limitação do poder para a realização de uma causa maior.
Isso não deve ser confundido com fraqueza. Fraqueza é a falta de força e poder, uma completa
falta de opções. Mansidão é possuir poder, contudo decidir abster-se de usá-lo.
 

Algumas das coisas mais cruéis podem ser ditas em indiferença e com uma voz suave.Mansidão
é um comprometimento interno para usar a força da personalidade de forma humilde, serva e
gentil.

II - A mansidão de Deus é revelada em Jesus

Jesus expressou a humildade do Pai na Terra, para que os homens pudessem vê-la. Aqui está
uma verdade muito importante: A humildade sempre esteve no Pai desde a eternidade passada,
não era uma força nova para Deus, mas uma nova revelação do Pai na Terra através de Jesus.
 

Jesus restringiu o seu poder para a realização de uma causa maior. Ele estava disposto a ser
censurado por causa do amor.
 

Na Terra, nós exploramos a fragilidade e capitalizamos sobre as falhas dos outros. Em perfeição,
Jesus desceu do Céu e entrou na história da humanidade e nos cobriu com mansidão permitindo
que, homens frágeis o pregassem na cruz. Ao mesmo tempo, amor estava cobrindo o nosso
pecado e mansidão estava imobilizando o poder divino.
 

Apenas pense - um comando, e doze legiões de anjos o teriam libertado.

III -Mansidão e humildade andam lado a lado

A Mansidão gera em nós um coração humilde e o homem com um coração manso e humilde
possui algumas características:

  • Tem um espírito ensinável: (Tg. 1:19)
  • Reconhece suas falhas sem demora. (I Tm.3:6).
  • Demonstra gratidão.
  • Valoriza os outros.
  • É gentil e paciente com os defeitos dos outros.
  • Faz o bem em segredo.
  • Beneficia os outros.

VI - Devemos buscar a mansidão

Mansidão é o ímã que atrai o favor de Deus. Ela é o doce aroma que faz com que Deus libere
mais graça na vida de uma pessoa.

“Antes, Ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos
humildes”. (Tg. 4:6)

Devemos deixar esta verdade nos empurrar direto para coração humilde de Deus. O orgulho
causou a queda de anjos e dos homens, e a humildade e mansidão irão restaurar um mundo em
ruínas. Somente os mansos herdarão a terra, enquanto o orgulhoso verá o seu fim (Sl. 37: 1-11).

A busca da mansidão é um processo intencional.
É preciso tornar-se consciente da importância da mansidão para o Reino de Deus, trabalhar
nossa mente para buscar a mansidão de forma intencional para assim desenvolvermos um
espirito manso e humilde.

Conclusão

Podemos contemplar a glória de Cristo, em sua infinita vontade de humilhar-se, para ter este
cargo de mediador em si mesmo, e com o propósito de unir nossa natureza à dele.

“Porque o Filho do Homem também não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em
resgate de muitos”. (Mc. 10:45)

  • Ele humilhou-se voluntariamente a fim de fazer sua justiça de paz entre Deus e o homem pecador.
  • Não foi esforço para Jesus servir ou demonstrar amor.
  • Não foi esforço para Jesus se ajoelhar e lavar os pés dos seus discípulos, porque sua identidade central está no amor e na humildade.
  • Ele esperou até os seus trinta anos para então começar seu ministério público.
  • Jesus não fez campanha para receber elogios, aprovação humana ou vantagem política.

As coisas grandes do Reino são muitas vezes o que o mundo considera como as menores, as
coisas mais básicas. Aquilo que muitos consideram ser as maiores coisas neste tempo, elas serão
exibidas abertamente na próxima era, como tão pequenas e inconsequentes.

“Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o
meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para
as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. (Mt. 11:28-30)

Somente Apenas aqueles que param de lutar por seus direitos, que deixam de buscar honra ou
admiração humana, que abrem mão de privilégios, conseguem largar os fardos pesados e tomar o
fardo de Jesus, que é leve e suave, pois eles percebem que não precisam mais de muitas coisas.

Copyright ABaseOrg 2017

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly