Return to site

O Zelo do Senhor dos Exércitos

Serie: As Excelências de Cristo por Vinicius Soares

· Igreja Na Cidade,ABaseOrg,Vinicius Soares

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do Senhor dos Exércitos fará isto." (Is. 9:6-7)

Faz parte de suas reflexões acerca do estudo de Cristologia o questionamento: por que Deus fez o que fez? Por que quis se tornar carne? Por que virar humano e se equiparar à nossa estatura?
 

“O zelo do Senhor fará isto” (v. 7): mas o que é esse “zelo”? O significado da ideia contida na palavra nos remete a paixão, amor ardente, fogo, aliança. Logo, podemos afirmar que, parafraseando Is. 9:7, “o amor do Senhor fará isto”.

Um dos aspectos desse amor é um “santo ciúme” pela sua criação, pelo seu propósito original (ter uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus para a glória de Deus Pai). Por vezes, acreditamos que Jesus está distante de nós, mas a verdade é que o seu zelo está movendo as coisas ao nosso redor para trazer o nosso coração para perto dele.

As dinâmicas do zelo em nós

O reconhecimento do zelo de Jesus por nós muda completamente a nossa história. Uma vida de oração, por exemplo, que estava desmotivada e parecia não ter resultado em si mesma, passa a ser gloriosa e frutífera pelo seu amor por nós.

O amor do Senhor pelo povo, junto com seu desejo de ter uma família santa, o faz revelar seus sentimentos. Como no caso dos Dez Mandamentos, que nada tem relação com uma “lista de certo ou errado”, mas aponta para o "amar a Deus de todo coração".

Questionamos Deus quando algumas coisas vão mal na nossa vida, mas, na verdade, devemos ver isso na perspectiva do seu propósito original. O plano original de Deus foi corrompido na queda do homem, mas o seu zelo está restaurando seus planos. Seu amor vai cumprir isso.

Neste momento da nossa existência, nós somos cooperadores de Cristo com os nossos corações ardentes de amor e fascinação por Ele.

O zelo do Senhor também fala sobre ciúme, ou seja, exige uma dedicação exclusiva. “Adore somente ao Senhor teu Deus”. Mas também fala sobre o julgamento de Deus (1 Re. 14:22).

"O zelo do Senhor libera julgamentos aos que se opõem a Ele, aos que se opõem ao Amor.''

(1 Reis 14:22)

O zelo do Senhor justifica o seu povo (II Re. 19:31). Para quem o ama sobre todas as coisas, haverá mais bênçãos. O seu zelo é movido por um coração em chamas por um povo escolhido.

Jesus: o zelo encarnado

Cristo foi enviado pelo pai como o zelo encarnado para que houvesse um retorno ao seu plano original. Jesus é o transbordar do zelo do Pai nos céus; seu retorno vai inaugurar o reino de Deus, vai derrotar seus inimigos (Jo. 2:17). O que Adão perdeu, o zelo encarnado vai pegar de volta.
 

O casamento de Jesus com a sua noiva é a consumação, a convergência de toda história ao seu plano original.
 

A paixão do Pai em dar uma noiva ao seu Filho precisa ser correspondida. Quando compreendemos isso, emerge em nós uma convicção: “este Deus deseja que eu faça parte da noiva do seu Filho!”
 

O que me garante que isso vai acontecer? O zelo do Senhor! O zelo do senhor vai fazer com que Ele tenha seu povo santo.
 

O jeito que você corresponde a essa convicção vai definir como você estará naquele dia. Não vai ser pelo esforço dos seus braços. É necessário crescer em amor e fascinação.

Copyright ABaseOrg 2017

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly